Filhos que fazem xixi na cama depois de crescidos tendem a ter pais…

Author

Categories

Share

A capacidade de controlar a urina durante o sono normalmente já está completamente desenvolvida quando a criança completa 5 anos. Portanto, quando o xixi na cama ocorre em crianças acima desta idade e de forma frequente, investiga-se a possibilidade de um distúrbio – e ele pode ser hereditário.

A perda de urina involuntária durante o sono acomete 15% das crianças acima dos 5 anos de idade e é considerada um transtorno. Ele acontece pela imaturidade do sistema urinário e tem com um dos principais fatores de risco a genética. Ou seja: pais que, na infância, fizeram xixi na cama depois de crescidos tendem a ter filhos com o mesmo distúrbio.

Criança que faz xixi na cama após 5 anos: causa pode ser genética

A enurese, ou incontinência urinária noturna, é multifuncional, ou seja, são vários os fatores internos e externos que podem ser responsáveis pela perda involuntária da urina, explica José Murilo B. Netto, urologista pediátrico e chefe da disciplina de Urologia na Universidade Federal de Juiz de Fora.

De acordo com o médico, se um dos pais foi enurético, a chance de o filho ser também é de 44%. Quando pai e mãe foram enuréticos, as chances sobem para 77%.

Nem sempre os distúrbios miccionais são diagnosticados nas consultas rotineiras com o pediatra. É importante, portanto, que os pais observem os sinais para o que o diagnóstico seja dado com mais precisão e o tratamento, iniciado o quanto antes.

Xixi na cama na infância: o que fazer

Segundo o pediatra, os pais têm papel fundamental no tratamento da enurese do filho. Além do acompanhamento médico, eles podem ajudar as crianças a entender os sintomas, sempre evitando punições.

crianca xixi cama 0319 1400x800
BY TY LIM/SHUTTERSTOCK

No caso de pais que já tiveram enurese, passar a experiência de forma positiva a seus filhos e mostrar que, assim como eles, as crianças também ficarão curadas, é outro fator motivacional para a cessão dos sintomas.

O especialista explica ainda que a enurese pode ser tratada com orientações comportamentais e, em alguns casos, com medicamentos.

Reprodução: Vix

Author

Share